Alterações da exposição aos alergénios

A alergia evolui constantemente e os estímulos e sintomas podem mudar ao longo do tempo. De uma maneira geral, uma criança pequena está exposta e é sensível a alergénios diferentes que um adulto. É necessário haver testes e re-avaliações regulares da alergia subjacente para personalizar o tratamento e possíveis conselhos sobre substâncias a evitar.

Bebés 0-1 ano  |  Crianças 1-3 anos  |  Crianças 3-6 anos  | 
Crianças em idade escolar 6-15 anos  |  Jovens  |  Adultos

Para a maior parte das pessoas, a alergia começa como uma condição inofensiva e podem passar anos até os sintomas se desenvolverem. Para outras, os alimentos, medicamentos ou picadas de insecto podem resultar num choque anafilático súbito que pode ser fatal.

O estímulo de uma condição depende daquilo a que a pessoa está exposta em diferentes fases da vida. Através de análises regulares ao sangue pode seguir o desenvolvimento das alergias de um doente e optimizar assim a qualidade de vida.

 

Bebés de 0 a 1 ano

As primeiras respostas aos alimentos podem ser observadas já nos primeiros meses de vida, estando normalmente relacionadas com ovos de galinha e leite de vaca.

Sintomas característicos em bebés

  • Eczema (pele seca, prurido cutâneo, erupções cutâneas, urticária)
  • Gastrointestinais (diarreia, vómitos, dores de estômago)
  • Pieira (tosse, respiração sibilante, falta de ar)

Alergénios comuns que provocam alergia em bebés

  • Leite
  • Ovos

 

Crianças de 1 a 3 anos

A sensibilização a outros estímulos de alergia (alergénios) ambientais necessita normalmente de mais tempo do que os alimentos para se desenvolver, e geralmente observa-se entre o primeiro e o décimo ano de vida. Em geral, o primeiro sinal de uma resposta alérgica nos primeiros três anos de vida ocorre sob a forma de problemas cutâneos como eczema, e pele seca e com prurido (dermatite atópica).

Durante os primeiros dois anos de vida é muito raro observarem-se sintomas alérgicos sazonais nas áreas dos olhos e nariz (rinoconjuntivite).

Sintomas característicos em crianças de 1 a 3 anos

  • Eczema (pele seca, prurido cutâneo, erupções cutâneas, urticária)
  • Gastrointestinais (diarreia, vómitos, dores de estômago)
  • Asma (tosse, pieira, respiração sibilante, falta de ar)

Alergénios comuns que provocam alergia em crianças de 1 a 3 anos

  • Leite
  • Ovos
  • Trigo
  • Soja
  • Amendoins
  • Ácaros
  • Frutos secos de árvores (avelãs, castanhas do Maranhão, nozes)
  • Animais de estimação peludos (gatos, cães e outros animais de estimação domésticos comuns)
  • Pólen de gramíneas
  • Pólen de árvores
  • Pólen de ervas

 

Crianças de 3 a 6 anos

Nas crianças em idade pré-escolar, a sensibilização ao pólen e gramíneas generaliza-se e os sintomas relacionados com as áreas dos olhos e nariz tornam-se mais comuns.

Sintomas característicos em crianças de 3 a 6 anos

  • Asma (tosse, pieira, respiração sibilante, falta de ar)
  • Rinite (nariz a pingar, nariz entupido, espirros, respiração (apenas) pela boca, prurido no nariz, prurido na garganta, prurido e vermelhidão nos olhos, pálpebras inchadas, olhos lacrimejantes)
  • Eczema (pele seca, prurido cutâneo, erupções cutâneas, urticária)

Alergénios comuns que provocam alergia em crianças de 3 a 6 anos

  • Animais de estimação peludos (gatos, cães e outros animais de estimação domésticos comuns).
  • Ácaros
  • Pólen de gramíneas
  • Pólen de árvores
  • Pólen de ervas
  • Bolor
  • Leite
  • Ovos
  • Trigo
  • Soja
  • Amendoins
  • Frutos secos de árvores (avelãs, castanhas do Maranhão, nozes)

 

Crianças em idade escolar de 6 a 15 anos

A exposição mais comum aos estímulos de alergia nas crianças em idade escolar ocorre através do sistema respiratório, mas as preocupações acerca de crianças desta idade relacionam-se normalmente com alergias alimentares e com a possibilidade de controlar a dieta na escola.

Sintomas característicos em crianças em idade escolar

  • Asma (tosse, pieira, respiração sibilante, falta de ar)
  • Rinite (nariz a pingar, nariz entupido, espirros, respiração (apenas) pela boca, prurido no nariz, prurido na garganta, prurido e vermelhidão nos olhos, pálpebras inchadas, olhos lacrimejantes)
  • Eczema (pele seca, prurido cutâneo, erupções cutâneas, urticária)

Alergénios comuns que provocam alergia em crianças em idade escolar

  • Animais de estimação peludos (gatos, cães e outros animais de estimação domésticos comuns).
  • Ácaros
  • Pólen de gramíneas
  • Pólen de árvores
  • Pólen de ervas
  • Bolor
  • Leite
  • Ovos
  • Trigo
  • Soja
  • Amendoins
  • Frutos secos de árvores (avelãs, castanhas do Maranhão, nozes)

 

Jovens

A exposição mais comum a estímulos de alergia dá-se através do sistema respiratório.Nesta idade tomam-se decisões acerca da carreira profissional e ocorrem outras alterações na vida que podem influenciar a exposição aos estímulos.

Sintomas característicos em jovens

  • Rinite (nariz a pingar, nariz entupido, espirros, respiração (apenas) pela boca, prurido no nariz, prurido na garganta, prurido e vermelhidão nos olhos, pálpebras inchadas, olhos lacrimejantes)
  • Asma (tosse, pieira, respiração sibilante, falta de ar)
  • Eczema (pele seca, prurido cutâneo, erupções cutâneas, urticária)
  • Síndrome de alergia oral (prurido na garganta, boca e lábios)
  • Gastrointestinais (diarreia, vómitos, dores de estômago)

Alergénios comuns que provocam alergia em jovens

  • Pólen (gramíneas, árvores e ervas)
  • Animais de estimação peludos (gatos, cães e outros animais de estimação domésticos comuns)
  • Ácaros
  • Bolor
  • Amendoins
  • Frutos secos de árvores (avelãs, castanhas do Maranhão, nozes)
  • Pseudofrutos (maçãs, peras, cerejas, pêssegos, ameixas, alperces, kiwis, cenouras, batata crua, aipo, amendoins, soja, avelãs, amêndoas e nozes)
  • Peixe e marisco

 

Adultos

A exposição mais comum a estímulos de alergia dá-se através do sistema respiratório.

Sintomas característicos em adultos

  • Rinite (nariz a pingar, nariz entupido, espirros, respiração (apenas) pela boca, prurido no nariz, prurido na garganta, prurido e vermelhidão nos olhos, pálpebras inchadas, olhos lacrimejantes)
  • Asma (tosse, pieira, respiração sibilante, falta de ar)
  • Eczema (pele seca, prurido cutâneo, erupções cutâneas, urticária)
  • Síndrome de alergia oral (prurido na garganta, boca e lábios)
  • Gastrointestinais (diarreia, vómitos, dores de estômago)

Alergénios comuns que provocam alergia em adultos

  • Pólen (gramíneas, árvores e ervas)
  • Animais de estimação peludos (gatos, cães e outros animais de estimação domésticos comuns)
  • Ácaros
  • Bolor
  • Amendoins
  • Frutos secos de árvores (avelãs, castanhas do Maranhão, nozes)
  • Pseudofrutos (maçãs, peras, cerejas, pêssegos, ameixas, alperces, kiwis, cenouras, batata crua, aipo, amendoins, soja, avelãs, amêndoas e nozes)
  • Peixe e marisco