Esclerose Sistémica

A Esclerodermia (esclerose sistémica, SSc) é uma dermatose crónica, progressiva que se caracteriza pelo espessamento e imobilidade da pele afectada, com envolvimento visceral, sobretudo nos pulmões, esófago, rins e coração. Pode ser acompanhada por calcinose, fenómeno de Raynaud e telangiectasia (esclerose sistémica cutânea limitada, anteriormente designada por síndrome de CREST). Inclui acroesclerose e esclerodactilia.